A secretária de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Elizabeth Jucá, participou nesta sexta-feira (4/10), em Belo Horizonte, do 8º Encontro Mineiro de Adoção, que teve como tema central "Adoção e o trabalho em rede: proteção integral a crianças e adolescentes."

O evento, que termina neste sábado (5/10), reúne magistrados, equipes técnicas das Varas da Infância e da Juventude, estudantes, conselheiros tutelares, profissionais das instituições de acolhimento, grupos de apoio à adoção, demais representantes dos três poderes e esferas, da sociedade civil e rede de apoio à proteção integral de direitos de crianças e adolescentes.

Elizabeth Jucá participou da mesa “Adoção e o trabalho em rede: proteção integral a crianças e adolescentes”. Durante a mesa, a secretária deu um panorama do trabalho da Sedese na área da criança e do adolescente. Ela falou do papel da Subsecretaria de Direitos Humanos que é participar de todos os espaços de construção da política de proteção integral, além de articular o Sistema de Garantia de Direitos por meio da integração em rede de todos os atores envolvidos no processo. A Subsecretaria de Assistência Social também foi ressaltada pela secretária, pois realiza um trabalho com 401 unidades de acolhimento presentes em 258 municípios mineiros, que atenderam 4.476 crianças e adolescentes em 2018.

Elizabeth Jucá destacou a importância do evento e a possibilidade de dialogar com todos os segmentos. “Minas Gerais é muito grande e por isso precisamos da participação de todos para trabalhar nas políticas de acolhimento. Política pública só é eficaz se for construída juntando todos os fluxos, com todos os poderes e com a participação popular. E o trabalho com crianças e adolescentes é um dos pilares na Sedese”.
Após as apresentações foi aberto um momento para perguntas e interação com os demais participantes do encontro.