A Semana Estadual das Juventudes, que este ano vai debater o tema “A gente quer a vida: Juventudes e Direitos Humanos”, acontece no período de 12 a 18 de agosto, com atividades diversas em Belo Horizonte e no interior. As ações são coordenadas pelo Conselho Estadual da Juventude (Cejuve) em parceria com a Coordenadoria de Políticas para a Juventude, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e outras secretarias que compõem o Conselho.

Em Belo Horizonte, por exemplo, estão previstas apresentações culturais, cursos e palestras sobre mercado de trabalho e empreendedorismo. Um encontro nesta terça-feira (13/8) vai discutir a elaboração do “Plano Estadual das Juventudes” em audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (Almg). Dentre os convidados, representantes da Sedese e do Conselho da Juventude participarão da reunião.

A Coordenadoria de Políticas para a Juventude da Sedese vai promover na quarta-feira (14/8) um curso sobre o ID Jovem na modalidade semipresencial, via Uaitec (Universidade Aberta Integrada). O documento possibilita acesso à meia-entrada em eventos e a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual para jovens de baixa renda.

Já a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad) realiza palestra sobre moda e sustentabilidade, no centro da capital. A Secretaria de Justiça e Segurança Pública também programou uma série de atividades no sistema socioeducativo e no programa Fica Vivo.

Para o coordenador de Políticas para a Juventude, Tomaz Moreira, a intenção é reafirmar a importância de garantir a segurança, o desenvolvimento e autonomia dos jovens. “Queremos reforçar a discussão que envolve os direitos dos jovens, além de ouvi-los para a construção de políticas públicas que possam atendê-los”, afirmou.

A Semana

A Semana Estadual das Juventudes, instituída pela Lei nº 22.413/2016 foi criada em consonância com o Dia Internacional da Juventude, comemorado em 12 de agosto. O Dia Internacional da Juventude, por sua vez, foi instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas, com a recomendação da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, em 1999.

Para organizar a Semana, o Conselho Estadual da Juventude (Cejuve), em parceria com a Sedese, convidou todas as secretarias e entidades que o compõem a realizar atividades em celebração da data, definindo os eixos temáticos a serem abordados. São eles: Juventude e trabalho; Juventude e mineração; Juventude e educação; Juventude e saúde; Juventude e gênero; Juventude e segurança. O convite também foi feito aos municípios para que organizem atividades, aumentando o alcance no interior do Estado.

Programação

Clique aqui e acompanhe a programação da Semana Estadual das Juventudes.