Mineirinho Renato Cobucci1O ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte, administrado pela Subsecretaria de Esportes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), será palco de uma decisão inédita entre dois times mineiros de vôlei feminino e do título mais importante do calendário nacional.

No domingo de Páscoa, no próximo dia 21, às 11h, as equipes do Itambé/Minas e do Dentil/Praia Clube abrem os jogos da série melhor de três da primeira final mineira da Superliga Cimed Feminina de Vôlei, em uma disputa histórica nesses 25 anos de existência da competição.

Para atender a uma exigência do regulamento da Superliga, que cobra um estádio com capacidade superior a 5 mil lugares, o jogo de volta será no realizado no próximo dia 26 no ginásio do Sabiazinho, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, que consegue abrigar 8 mil torcedores. Caso seja necessário, a terceira e decisiva disputa volta à capital mineira, também no Mineirinho, pois o Itambé/Minas teve a melhor campanha da primeira fase.

No último dia 8, no confronto da semifinal, o Itambé/Minas derrotou o Osasco/Audax por 2 a 0 na série melhor de três, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). A equipe minastenista chega a mais uma final da Superliga após 15 temporadas. A última ocorreu em 2003/2004. A equipe do Minas buscará o tricampeonato após conquistas de 1992 e 2002.

No mesmo dia, o atual campeão Dentil/Praia clube superou o Sesi Vôlei Bauru (SP) fechando o play off em 2 a 0 e garantindo a vaga na final pela terceira vez na história. A primeira decisão ocorreu na temporada 2015/2016, com as praianas sendo superadas pelas cariocas, em Brasília. Já na segunda temporada em 2017/2018, a equipe do Dentil/Praia Clube saiu vitoriosa ante o Sesc-RJ, jogando em casa.

“Essa é uma final histórica, o que demonstra a seriedade de dois clubes, o Minas e o Praia, na formação dos seus atletas, além de um trabalho diferenciado da Federação Mineira de Vôlei, que tem se preocupado com o desenvolvimento e valorização nessa modalidade aqui em Minas. O Estado também sempre foi muito parceiro no desenvolvimento do vôlei, por isso, Minas sempre é palco de grandes competições “, ressaltou o secretário adjunto de Esportes, Adenílson Idalino de Sousa.

“Além do momento histórico para o vôlei de Minas, a disputa reforça o grande trabalho realizado pelos clubes e amantes do vôlei do nosso Estado. Dois clubes que deixaram grandes equipes na disputa para trás. Isso mostra o trabalho dos clubes na final, que nos enche muito de orgulho. Serão festas muito bonitas, com casa cheia”, prevê Tomás Mendes, presidente da Federação Mineira de Vôlei.

Mineirinho

Inaugurado em 17 de março de 1980, o estádio Jornalista Felippe Drummond, o Mineirinho, chegou aos 39 anos como um dos maiores ginásios poliesportivos do mundo. Com capacidade para 20 mil pessoas, é destinado ao desenvolvimento do esporte especializado, além de servir como palco de mega shows e eventos nacionais e internacionais.

Localizado em Belo Horizonte, na orla da Lagoa da Pampulha, referência arquitetônica mundial, é detentor de recordes de público no voleibol, no futsal e em diversos esportes especializados. Recebeu em suas dependências competições nacionais e internacionais de alto nível, como o Campeonato Mundial Feminino de Vôlei, Campeonato Mundial de Clubes de Voleibol, o Campeonato Nacional de Futsal, disputas e exibições de ginástica olímpica e o UFC edição 147, maior campeonato de artes marciais do planeta.

Na área cultural, o Mineirinho já foi palco das maiores atrações artísticas do cenário nacional e internacional. Já passaram pela arena, com público superior a 30 mil pessoas, artistas como Roberto Carlos, Xuxa, Titãs, Rita Lee, RPM, Gal Costa, Caetano Veloso, e muitos outros.

Artistas e bandas internacionais como Kiss, Rihanna, RBD, Green Day, 50 Cent, Bob Dylan, Creedence, Scorpions, Peter Frampton, Iron Maiden, Ozzy Osbourne, Guns'n Roses e Maestro Andre Rieu também se apresentaram no estádio.
Em março deste ano, o estádio recebeu o espetáculo Ovo, do “Cirque du Soleil”. Outras apresentações com infraestrutura complexa como “Holiday on Ice”, “Hanna Barbera”, Boiadeiros de Barretos e Circo de Moscou já aconteceram no Mineirinho, tendo sediado, inclusive, competições de Motocross, SuperEnduro e Trial. Além disso, recebe formaturas e eventos religiosos.

Estrutura

O Mineirinho, com seus mais de 54 mil m2 de área construída, além da arena para eventos, abriga em suas dependências federações e Associações esportivas, infraestrutura de bares, estacionamento, acesso de veículos ao interior do complexo e área livre e independente da arena para utilização do espaço.

Enviar para impressão