Fim de ano é hora de caprichar na arrumação da casa para as festas e as visitas. Nesse momento, a ajuda de uma diarista é muito bem-vinda seja para organizar os espaços das residências, ou até mesmo dos ambientes de trabalho.

Para quem tem interesse em contratar esse serviço, a dica é entrar em contato com a Central de Autônomos, um projeto da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), que busca aliar a demanda por serviços de profissionais autônomos com a oferta. É o que aconteceu com a Sara de Lima, de Belo Horizonte. A diarista que sempre atendia a residência da sua irmã Lícia Maria de Lima não pôde comparecer ao trabalho. Foi aí que ela teve a ideia de ligar para a Central de Autônomos. “A profissional veio e não teve problema nenhum, uma pessoa muito boa”, conta.

Vale ressaltar que o serviço realiza a intermediação de profissionais capacitados para prestar um bom atendimento e com referências nas áreas de faxina, cozinha, lavadeira, passadeira e serviços gerais.
Ao todo, são 154 diaristas cadastradas na capital. O valor do serviço é de R$100 para oito horas de trabalho em Belo Horizonte, mas cada município pode definir o valor adequado para sua realidade, sendo que a hora extra e a passagem são combinadas diretamente entre o solicitante e a diarista.

Serviço diferenciado
Para o especialista em políticas públicas e gestão governamental da Sedese, Bruno Ferreira, há diversas vantagens em contratar um profissional pela Central de Autônomos. “Os profissionais cadastrados na Central apresentam vários documentos, entre eles cartas de recomendação e atestado de bons antecedentes. Além disso, eles passam pelo curso de Competências Profissionais e Sociais para Diaristas, com duração de três dias, que os qualifica para prestar um bom atendimento aos solicitantes do serviço”, esclarece.

Nesse curso, os profissionais aprendem dicas de comportamento no trabalho, marketing pessoal, ética profissional, comunicação, como administrar o tempo, segurança no trabalho entre outros assuntos relacionados.Diaristas recebem qualificação profissional em curso ofertado por servidores da Sedese - Foto: Arquivo Sedese

A contadora Marli Aparecida da Silva contrata profissionais pela Central há cerca de oito anos. Ela sempre solicita o serviço de diarista, seja para sua residência ou para o escritório e, por ter ficado tão satisfeita, frequentemente recomenda para outras pessoas também. “Sinto mais segura ao chamar alguém por esse serviço porque tem referência do endereço da pessoa que me atende, são profissionais que recebem um treinamento. A gente tem uma comodidade nesse tipo de contratação e o valor é bom para o serviço que é executado”, revela.

Segurança recíproca
Margarida Cândida da Silva, de Nova Contagem, está inscrita no serviço há 30 anos. Ela trabalha como passadeira, diarista e faz serviços gerais. Quando começou a trabalhar pela Central de Autônomos, seus filhos eram crianças e essa atividade possibilitou que ela pudesse aliar a vida profissional com os afazeres do lar. Aos 62 anos, Margarida conta que sempre foi muito bem recebida nas residências e elogia a capacitação recebida. “O curso foi fantástico e é uma segurança para os dois lados”, diz.

Para solicitar um dos serviços ofertados pela Central de Autônomos, basta ligar para telefone (31) 3916-9077, de 8h às 15h.

Enviar para impressão