A 26ª Feira de Economia Popular Solidária (EPS) da Cidade Administrativa conta, nesta edição, com novidades para aqueles quem passam pelo túnel do prédio Gerais. Entre os novos produtos expostos estão os orgonites, um transmutador de energia, composto por resina, cristal e metal, capaz de transformar a neblina eletromagnética deixada nos ambientes por aparelhos eletrônicos, e produtos reciclados a partir de pneus usados.

“A resina capta essa neblina, o cristal transmuta e o metal devolve uma energia pura aos ambientes”, explica a psicóloga, terapeuta multidimensional, produtora e vendedora dos orgonites na feira da EPS, Adriana Moreira. Segundo a psicóloga, a ideia dessa produção surgiu durante uma formação em física quântica, feita por ela. “Desde 2014 eu venho estudando o tema e no final desse mesmo ano eu já comecei a fabricar”, afirma.

No princípio, a produção era caseira e a ideia de comercializar veio depois. “Eu descobri que tinha todos esses produtos em casa e comecei a fabricar para a minha família e amigos, só depois veio a ideia da venda”, conta  Adriana, que expõe pela segunda vez os seus produtos em uma feira, sendo a primeira vez na Cidade Administrativa. “Estou gostando muito porque aqui as pessoas estão super abertas para o produto e também tem muita gente que já conhece”, completou.

pneusOutra novidade desta edição são os produtos reciclados de pneus, do artesão Allyson Ricardo, que já teve suas peças expostas no hall do centro de convivência da Cidade Administrativa (CA), cerca de um ano atrás, mas que voltaram agora à feira. “A ideia dessa produção surgiu com o meu pai, ele começou a fabricar e muitas pessoas gostavam e pediam os produtos, desde então começamos a vender”, conta.

Morador de Contagem, eles ficaram sabendo da iniciativa na CA, por meio do movimento social que atua na Economia Solidária do município da região metropolitana. “De todas as feiras que participamos até hoje, esta é a que tem a melhor saída dos produtos”, relata o produtor. Ele acredita ainda que esta ação é excelente para os empreendedores, porém mais espaço nunca é demais “Nós somos muitos e tem muita coisa bacana ainda para ser exposta”, revela.

A 26ª Feira de Economia Popular Solidária da Cidade Administrativa acontece até o dia 14 de março, no túnel do prédio Gerais, das 09h às 17h e, além desses artigos, conta ainda com 63 empreendedores solidários apresentando produtos alimentares, calçados, roupas e acessórios.

Enviar para impressão